Gentílico: cerro-branquense

Histórico

Cerro Branco Rio Grande do Sul – RS
Os primeiros imigrantes que palmilharam estas terras formando redutos que mais tarde se espraiavam e se emanavam em constantes lutas com a natureza e com as dificuldades de toda a sorte aqui chegaram pelo ano de 1872, anteriormente estas terras eram somente habitadas pelos índios e muitos espaçadamente por caçadores destemerosos que vinham de longínquas terras explorar a nossa fauna e flora.
Os colonizadores tinham seus ranchos de sapê e de barro construído de preferência nas margens do sinuoso botucaraí, rio que nasce em Sobradinho e banha uma extensa região do nosso município. Depois de um tempo foram aglomerando-se em morro dos índios, hoje Cerro Branco. Os primeiros imigrantes que aqui chegaram foram, Frederico Danzmann e Ernesto Qutzqe.
Em 1892 era fundado o Primeiro Colégio Estadual, sendo nomeado Professor José Hettwer, inicialmente Cerro Branco pertencia a Cachoeira do Sul. Em 18 de abril de 1891 tornou-se Distrito sob ato nº 311, da Câmara Municipal de Vereadores de Cachoeira do Sul. Em 1937, tornou-se vila, quando
o Senhor Reinaldo Roesch era Prefeito. A partir daí constatou-se crescente desenvolvimento desta região, principalmente no perímetro urbano.
Várias manifestações emancipacionistas surgiram entre os anos de 1975 a 1988, por isso em 1987 quando a Vila apresentava uma estrutura básica para a emancipação política administrativa formou-se uma comissão pró emancipação de Cerro Branco, pelo então Senhor Presidente Arnaldo Beskow e com o respaldo do povo, neste ano teve início o grande movimento popular com a finalidade de emancipar Cerro Branco, culminando na realização do plebiscito em 10 de abril de 1988, tendo como vencedor o SIM pela sua independência. A inspiração do povo foi alcançada com a promulgação da Lei Estadual nº 8628, de 12 de maio de 1988 criando o nosso município.
O nome de Cerro Branco provém de um morro de rochas abruptas brancas que é característico no local. O município teve sua origem étnica com os imigrantes alemães, que chegaram em 1871 oriundos da Colônia Santo Ângelo. Assim como o próprio município de Cerro Branco, que, ao ser emancipado, viu diante de si o desafio de construir seu caminho a partir do nada, também os pioneiros colonizadores tinham pela frente inúmeros desafios a vencer. Com luta, fé e força de vontade, venceram e progrediram.
Gentílico: cerro-branquense
Formação Administrativa Gentílico: cerro-branquense Formação Administrativa

Elevado á categoria de município com a denominação de Cerro Branco, pela lei estadual nº 8628, de 12-05-1988, desmembrado de Cachoeira do Sul. Sede no antigo distrito de Cerro Branco. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1989.
Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.